sábado, 1 de dezembro de 2012

Quero tudo novo de novo - Poema


Quero tudo novo de novo
Quero não sentir medo
Quero me entregar mais, amar mais
Viajar até cansar
Quero sair pelo mundo
Quero fins de semana de praia
Amigos e abraça-los mais
Quero ver mais filmes
Comer mais pipoca, ler mais

Quero um trabalho novo
Quero acordar cedo
Quero ter momentos de paz, sentir mais
Aprender a dançar
Quero não achar tudo imundo
Quero beijar aquela menina de saia
Brigadeiro e cozinhar mais
Quero economizar de maneira firme
Sorrir mais, ajudar mais

Quero um sapato novo
Quero mais sossego
Quero sorrir mais, amar mais
Poder passear
Terminar meu estudo
Quero não me preocupar com a vaia
Bicicleta e olhar mais
Quero menos alarme
Mais chão, e menos vão e mais, mais e mais

Quero aceitar menos e mais
Quero menos prudência sem sentido
Quero fazer mais, suar mais
Aprender a amar
Ser menos surdo
Quero dizer que a amo antes que ela saia
Ao que odeio, abraçar e odiar menos
Quero não sentir tanta saudade
Pensar mais e pensar menos cada vez mais

Ter menos “mas”
Quero mais e tudo o mais


*Baseado numa prosa de Fernando Pessoa

Um comentário:

  1. Tudo tão claro e límpido... distorce os meus que tem tantas metáforas!!!

    ResponderExcluir

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.